Notícia Completa

Sicredi apoia iniciativas de combate à Covid-19

01/07/2020      132

Crédito: Sicredi Cooperação RS/SC - Carazinho/RS

Fomentar o desenvolvimento local por meio da união de esforços é, há mais de 117 anos, um dos principais objetivos do Sicredi. Na cidade e no campo, a Instituição Financeira Cooperativa reconhece a importância da solidariedade, que é um dos valores do cooperativismo. Nesse sentido, desde o início da pandemia do novo coronavírus, os associados do Sicredi destinaram R$ 12,4 milhões a diferentes ações de redes de saúde e de entidades públicas e privadas que estão à frente no combate da Covid-19 no Rio Grande do Sul. Desse total, R$ 9,8 milhões são provenientes do Fundo Social e R$ 2,6 milhões procedentes de recursos próprios das Cooperativas.

“Partindo do princípio de que juntos podemos transformar as comunidades, os valores difundidos pelo cooperativismo se mostram ainda mais necessários em momentos desafiadores como o que estamos enfrentando. O modelo de participação e de atuação no Sicredi permite que os associados decidam o destino dos resultados de sua Cooperativa e entre essas destinações está o apoio a diferentes projetos locais, como é o caso das ações de combate ao novo coronavírus. São pessoas que decidem ajudar outras pessoas em um exercício de cidadania e de desenvolvimento de uma consciência coletiva para o bem de todos. As Cooperativas incentivam, ainda, outras ações nas regiões onde atuam, além das iniciativas apoiadas pelo Fundo Social,” explica o Vice-Presidente da Central Sicredi Sul/Sudeste, Márcio Port.

 

Iniciativas da Sicredi Cooperação RS/SC

Atenta às necessidades das comunidades onde atua, a Sicredi Cooperação RS/SC tem contribuído na prevenção ao coronavírus em várias frentes. “Como uma Instituição Financeira Cooperativa, entendemos que as melhores ações são aquelas que trazem resultados para todos. Por isso, somos tocados a fazer a nossa contribuição com ações que visem à proteção das pessoas, tanto no que tange a saúde, como na economia”, destaca Gervásio Jorge Diel, presidente da Cooperativa. Além da destinação de recursos financeiros para Instituições hospitalares, a Cooperativa tem priorizado o cuidado na proteção de Associados e Colaboradores, estimulando o uso de canais digitais, reduzindo a circulação nas agências de atendimento, promovendo reuniões virtuais e adotando home office.

Para o Diretor Executivo Nélio Heller, outro ponto de destaque é o incentivo ao consumo em comércios locais. “Disponibilizamos aos Associados o Sicredi Conecta, um aplicativo gratuito de compra e venda de mercadorias, que pode ser utilizado tanto por consumidores pessoa física, como por empresas para e-commerce e também por produtores rurais que desejam divulgar seus produtos de forma on-line, e incentivamos que o consumo seja feito nos estabelecimentos das próprias cidades e da região, fazendo com que a economia gire dentro dos municípios e, assim, coopere com a manutenção de empregos e com a geração de renda,” explica Heller.

 

Fundo Social

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento das comunidades e difundir os valores de cooperação e de cidadania e apoiar projetos sociais, em muitas Cooperativas do Sicredi, os associados aprovam anualmente, nas assembleias, o Fundo Social  formado pela destinação de uma parte dos resultados para apoiar projetos promovidos por entidades sem fins lucrativos, que visam a transformação social por meio de ações relacionadas à educação, cultura, esporte, saúde, meio ambiente, segurança e inclusão social. “Definir coletivamente os projetos que serão beneficiados também marca dois dos princípios do cooperativismo que são a gestão democrática e o interesse pela comunidade. Nos últimos 3 anos cerca de R$ 39 milhões foram destinados para inúmeros projetos no RS”, destaca o Vice-Presidente da Central Sicredi Sul/Sudeste, Márcio Port.