Notícia Completa

Campanha mantém agricultura familiar ativa em Ernestina

07/08/2020      153

Crédito: Divulgação/ Prefeitura de Ernestina

 

Não é novidade que a pandemia afetou profundamente a cadeia produtiva em todo o Planeta. Em Ernestina, um dos setores atingidos foi o que engloba a agricultura familiar e as agroindústrias, visto que a rotina de consumo de muitas famílias foi alterada e importantes destinatários, como as escolas municipais, que tiveram suas aulas presenciais suspensas como medida de combate a proliferação do vírus, deixaram de consumir os alimentos.

Fruto de um esforço coletivo entre diversas entidades, uma iniciativa tem ajudado a minimizar os danos causados pela pandemia tanto aos produtores rurais como aos estudantes em situação de vulnerabilidade social: os alimentos que iriam para a merenda escolar agora são repassados às famílias dos estudantes para garantir o acesso das crianças a uma alimentação saudável.

Com a iniciativa, a Administração Municipal de Ernestina tem encaminhado ao Cras os alimentos para que estes sejam destinados às famílias de estudantes em situação de vulnerabilidade social que estão no radar do Cras e são acompanhadas pela Assistência Social do Município.

Nos meses de julho e agosto, a nutricionista da Prefeitura, Jane Bonamigo, e a extensionista social da Emater/Rs-Ascar, Rosane Turra Treviso, estão visitando esses produtores ernestinenses que fornecem para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), uma ação ligada a Campanha Tchê Puxa Alimentar o Rio Grande, desencadeada pelo Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do RS (Consea RS).

Com a iniciativa, as agroindústrias e agricultores familiares que produzem alimentos in natura ou processados têm sua comercialização garantida e, do outro lado, os estudantes seguem recebendo uma alimentação adequada necessária para um desenvolvimento saudável. “É um esforço coletivo que tenta reduzir os impactos da pandemia nas famílias dos estudantes e dos produtores. Parabéns a todos os trabalhadores envolvidos nessa iniciativa, sigamos trabalhando firme e comprometidos com as pessoas de Ernestina”, pontua o prefeito ernestinense, Odir João Boehm (Nico).