CPI dos Medicamentos: hospitais se solidarizam para enfrentar aumentos abusivos

14/06/2021      137

Crédito: Divulgação

A troca de informações entre os administradores de hospitais do interior foi uma das formas encontradas pelas instituições para enfrentar as dificuldades a respeito dos valores abusivos dos insumos para o combate à covid-19. Esta foi uma das informações recebidas pela comitiva da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Medicamentos durante as visitas técnicas a hospitais de oito municípios das regiões do Alto da Serra do Botucaraí, Alto Jacuí e Planalto Médio.
O roteiro foi proposto pelo vice-presidente, deputado Clair Kuhn (MDB), que esteve acompanhado, respectivamente, do presidente e relator da CPI, Dr. Thiago Duarte (DEM) e Faisal Karam (PSDB). “Conversamos com as direções e funcionários da saúde das instituições que nos relataram a dificuldade de manter o atendimento à população diante dos aumentos de preços diários, que em alguns lugares chegaram a mais de 5.000% do valor. A solidariedade entre as instituições foi uma das maneiras encontradas para se buscar preços mais justos”, contou o deputado Clair.
As visitas técnicas iniciaram na quarta-feira (9) nos hospitais São Clemente (Soledade), Notre Dame São Sebastião (Espumoso), Alto Jacuí (Não-Me-Toque) e Roque Gonzales (Tapera). Na quinta (10), a comitiva esteve no Annes Dias (Ibirubá), no Caridade São Vicente de Paula (Cruz Alta) e no Panambi (Panambi). A programação foi finalizada em Ijuí, na sexta (11), com atividades no Bom Pastor e no Caridade.
“Indicamos esses hospitais porque consideramos que é importante que a CPI olhe para a realidade enfrentada pelo nosso interior. As visitas técnicas são uma oportunidade de buscarmos a materialidade das denúncias que temos recebido em relação aos valores exorbitantes cobrados pelos revendedores de medicamentos e insumos durante a pandemia. Somente com a comprovação das irregularidades poderemos punir os possíveis culpados”, explicou o deputado Clair.
O parlamentar também relatou que a comitiva encontrou bons exemplos de gestões, mas também recebeu o pedido de apoio das direções hospitalares para que a sociedade se conscientize sobre a importância de manter os protocolos de segurança. “As equipes de saúde se encontram desgastadas pelos meses de trabalho intenso e reforçaram o quanto é necessário que cada um de nós se cuide, use máscara, higienize as mãos, evite aglomerações, enfim, mantenha todos os cuidados necessários para que os números de casos de covid sejam reduzidos”, completou Clair.
CPI DOS MEDICAMENTOS
Implantada em 30 de março deste ano na Assembleia Legislativa, a CPI tem ouvido representantes do setor público e privado e da indústria farmacêutica, além de promovido visitas técnicas, para apurar as razões do aumento exorbitante dos medicamentos, insumos e equipamentos usados durante a pandemia de covid-19.